MRV inaugura usina no sertão baiano

22/03/2022

Um novo parque gerador de energia captada do sol, capaz de suprir o consumo mensal de eletricidade de 12 mil habitantes, já está em operação, desde o dia 16 de março, na cidade de Lapão, localizada na Chapada Diamantina, região do semiárido baiano. A usina fotovoltaica, de propriedade da MRV, promete gerar uma economia superior a R$ 300 mil/ano. 

No total foram instalados mais de 800 painéis fotovoltaicos, em uma área de 3.200 m², para a geração estimada de 490 MWh/ano – volume suficiente para abastecer quase metade da população de Lapão, que tem 27 mil moradores. A escolha da cidade, segundo informa a MRV, deve-se justamente ao elevado índice de irradiação solar verificado por lá.

O arrendamento da área ocupada pela usina será integralmente revertido para o Instituto Água Viva, que atua em regiões de extrema pobreza do sertão nordestino, inclusive em Lapão, que tem um dos mais baixos índices de IDH do País (0,596), com renda per capta próxima de meio salário-mínimo. A MRV destaca que além da oferta de energia limpa e barata, a usina contribuirá para o aumento das receitas do município baiano, “assim como para geração de empregos e, sobretudo, para melhorar a assistência prestada a crianças que vivem em situação de vulnerabilidade social”.

Inicialmente, a maior parte da energia gerada será destinada ao abastecimento de unidades da construtora, como obras, escritórios, lojas e demais estruturas físicas presentes. Mas a companhia informa que até o final do ano uma parte da sua carteira de clientes também poderá ser contemplada. A usina solar de Lapão é a segunda inaugurada pela MRV. A primeira fica em Uberaba (MG) e está em operação desde novembro de 2021, gerando mais de 1.000.000 kWh/ano, o que equivale ao consumo mensal de 25 mil habitantes.

Tags