Ibama terá ajuda japonesa para combater desmatamento

22/07/2021

O Ibama recebeu, no dia 19 de julho, comitiva de representantes da Agência Internacional de Cooperação do Japão (JICA). Os profissionais nipônicos irão atuar no projeto de detecção de desmatamento na Amazônia Legal na estação chuvosa por meio de análise de imagens de radar e uso de técnicas de inteligência artificial.

A comitiva da JICA é composta pelo representante em Brasília, Ryunosuke Kataoka; o especialista em sensoriamento remoto da JICA Matriz, Hiroaki Okonogi; o coordenador sênior de projetos, Nobuyuki Kimura; e o coordenador de projetos Katsuya Ishihara. O presidente em exercício do Ibama, Jônatas Trindade, destacou a importância do projeto para o combate ao desmatamento da Amazônia Legal. “A partir deste acordo vamos poder melhorar a forma de atuação do Ibama com um grande aprimoramento da qualidade das imagens e o uso de inteligência artificial”, afirma Trindade. 

As partes agora vão firmar os pontos do acordo a ser assinado e definir o cronograma de entrega de produtos e serviços. O objetivo do Ibama e JICA é melhorar a exatidão do sistema de detecção de desmatamento por corte raso em florestas tropicais denominado JJ-FAST que foi desenvolvido pela Agência de Exploração Aeroespacial do Japão (JAXA) para as condições amazônicas.