Governo do Paraná utilizará carros compartilhados

14/12/2021

Uma equipe técnica do Parque Tecnológico Itaipu (PTI-BR) irá ativar, a partir de 15 de dezembro, o modo de compartilhamento (carsharing) de dez veículos Renault Zoe Life que serão utilizados por diferentes secretarias do governo paranaense para atendimento de demandas dos servidores. 

O projeto Vem PR tem como objetivo estimular a adoção de políticas sustentáveis e a difusão de modelos de negócios inovadores em mobilidade urbana. O projeto é uma parceria do Parque Tecnológico Itaipu (PTI-BR), Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial (ABDI) e Governo do Estado do Paraná. 

Iniciado em abril de 2020, as três organizações entenderam que seria estratégico ativar, na época, apenas o modo de monitoramento dos veículos, seguindo as restrições dos órgãos de saúde para não compartilhamento de ativos. Agora, em 2021, além de monitorados, os carros foram adaptados para que possam ser compartilhados. O compartilhamento é feito através do software MoVE, desenvolvido pelo Parque Tecnológico Itaipu e já utilizado na área da usina da Itaipu Binacional e também por servidores públicos do Distrito Federal, em Brasília, em projeto lançado também em parceria com a ABDI, em outubro de 2019. Além de possibilitar a reserva dos veículos e o acompanhamento de sua localização, o MoVE permite a visualização de informações como velocidade, carga de bateria, rotas percorridas e a estimativa da quantidade de gases poluentes não enviados ao meio ambiente. "Agora, com o modo de compartilhamento instalado, os veículos incorporados à frota pública do estado serão utilizados para atender às demandas das demais secretarias, além dos serviços do Palácio Iguaçu (Casa Civil, por exemplo), e prestando atendimento às autoridades que passam pelo governo executivo", comenta Marcelo Rangel, superintendente geral de inovação do estado do Paraná. 

Segundo Willbur de Souza, gestor do centro de Tecnologias Abertas e IoT do Parque Tecnológico, oferecer soluções tecnológicas que estejam à disposição da sociedade vai de encontro ao propósito do PTI-BR. "Implementar ideias, tecnologias em soluções aplicadas para a sociedade é uma das expertises do PTI. E um projeto como o Vem PR reforça todo nosso trabalho na área de cidades inteligentes, que vem nos tornando referência no tema", comenta o gestor, que esteve em Curitiba para definições estratégias junto com a ABDI e Governo do Paraná. Entre as pautas foram discutidas a estratégia de compartilhamento da frota do Vem PR e também a instalação de novos eletropostos para atender ao abastecimento dos veículos. Atualmente são cinco unidades espalhadas estrategicamente por Curitiba. Para o início de 2022, serão instalados mais cinco postos, com localização a ser definida pelo governo paranaense. 

Já foi realizada uma capacitação sobre a utilização do sistema MoVe e orientações gerais para manutenção básica. A aula foi ministrada pelo engenheiro eletricista Helder Vinícius Scherer, e pelo técnico Naelton Fonseca. "Foi repassado aos pontos focais como utilizar e operar o software que gerencia o modo compartilhado dos veículos elétricos", comenta Helder. "Além disso, trouxemos algumas questões básicas de suporte e manutenções imediatas para possíveis situações que venham a surgir", explica o engenheiro do Parque Tecnológico.