Trata Brasil lança site com Esgotômetro

02/08/2021

O Instituto Trata Brasil lançou novo site (http://www.tratabrasil.org.br/) com o objetivo de facilitar a disponibilização de dados sobre saneamento. Uma das novidades é o ”Esgotômetro”, inspirado no impostômetro. A ferramenta tem o intuito de dar mais visibilidade à precariedade dos serviços de saneamento no país. No Brasil, são despejados na natureza o equivalente a 5,3 mil piscinas olímpicas de esgoto sem tratamento. O cálculo é feito desde 1º de janeiro de 2021, e, até o momento, o Brasil despejou mais de 1,06 milhão de piscinas olímpicas com esgoto sem tratamento na natureza e o número segue aumentando. 

O novo site oferece ainda os principais dados sobre os serviços de saneamento no Brasil com base no SNIS (Sistema Nacional de Informações sobre Saneamento) e no Painel Saneamento Brasil. Os dados mostram que atualmente quase 100 milhões de brasileiros (46%) não têm acesso à coleta de esgoto (SNIS 2019), o Brasil teve mais de 273 mil internações por doenças de veiculação hídrica em 2019 (Painel Saneamento 2019) e 83,7% dos brasileiros têm acesso à água tratada (SNIS 2019). Outro dado importante é o sobre as moradias sem acesso a um banheiro, atualmente sendo 1,7 milhão, o que corresponde a mais de cinco milhões de pessoas.

O Painel Saneamento Brasil (https://www.painelsaneamento.org.br/) mostra indicadores socioeconômicos e de saneamento de mais de 893 localidades em todo o Brasil. No portal é possível comparar e explorar os indicadores como acesso à água tratada, coleta e tratamento de esgoto em diferentes cidades do país. “O acesso à informação pode transformar uma sociedade. Entendemos que quanto mais se conhece sobre a realidade do saneamento básico no Brasil, mais temos base para cobrar os responsáveis. O esgotômetro, por exemplo, é uma ferramenta que ilustra o tamanho do desafio que temos, quando estamos simplesmente destruindo a natureza com lançamento de esgoto sem tratamento todos os dias”, diz Édison Carlos, presidente-executivo do Instituto Trata Brasil.