16/11/2017 MUDANÇAS CLIMÁTICAS

Parceria Global irá ajudar 400 milhões até 2020

A Parceria Global ‘The InsuResilience Global Partnership for Climate and Disaster Risk Finance and Insurance Solutions’, lançada durante a COP-23, em Bonn, Alemanha, reúne países do G20 e da V20 para ajudar 400 milhões de pessoas pobres e vulneráveis com seguros e seguros de risco até 2020. O V20 é um grupo de 49 dos países mais vulneráveis, incluindo pequenas ilhas como Fiji, que detém a Presidência da COP-23. "A Parceria Global é uma resposta prática às necessidades daqueles que sofrem perdas por causa das mudanças climáticas. E estou muito orgulhoso de ter acontecido sob a Presidência das Fiji da COP. Ao mesmo tempo, é um meio de se preparar para um modo mais resiliente de desenvolvimento para aqueles que terão que se adaptar ao grande desafio das mudanças climáticas", disse o presidente da COP-23, o primeiro-ministro de Fiji, Frank Bainimarama.

O anúncio ocorre após um ano de eventos meteorológicos extremos e devastadores que atingiram países e comunidades da Ásia, do Caribe Oriental e das Américas com alguns dos eventos descritos pelos cientistas como sem precedentes. A Parceria Global apoia análises de riscos, assistência técnica e capacitação de acordo com as necessidades e prioridades dos países. Patricia Espinosa, Secretária Executiva da Secretaria de Mudanças Climáticas da ONU, disse: "Pessoas devastadas por eventos climáticos recentes e comunidades vulneráveis aos impactos climáticos estão buscando a ONU em Bonn por uma resposta, apoio e esperança para o futuro".

O Secretariado da ONU sobre Mudanças Climáticas também lançou uma plataforma online ou Casa de compensação para transferência de risco no âmbito do Acordo de Mudança Climática de Paris, que usará inteligência artificial para conectar países que buscam soluções de seguros inovadores com países necessitados.

O objetivo da Parceria Global é aumentar a resiliência dos países em desenvolvimento e proteger as vidas e os meios de subsistência das pessoas pobres e vulneráveis contra os impactos das mudanças climáticas e contra os desastres naturais. No âmbito da Parceria Global, os principais pontos são desenvolver soluções concretas e práticas que proporcionem proteção financeira contra riscos climáticos e desastres naturais. Por outro lado, a Parceria destina-se a apoiar e melhorar os esforços de futuros governos a se preparar para enfrentar os riscos decorrentes de mudanças climáticas e desastres naturais, ligando esses preparativos ao uso de financiamento de risco e seguro.

Veja também

25/05/2018
EFEITO ESTUFA | Fapesp ajuda Shell a reduzir GEEs
02/03/2018
DESASTRES NATURAIS | Sistema de alarmes inclui Norte e Nordeste
22/02/2018
QUALIDADE DE VIDA | Países Baixos têm maior equilíbrio
19/01/2018
MUDANÇAS CLIMÁTICAS | Maior agilidade no combate às emissões
15/01/2018
EFEITO ESTUFA | Unidade de abatimento de gases faz dez anos
14/12/2017
MUDANÇAS CLIMÁTICAS | Eventos extremos têm cada vez mais impacto
09/11/2017
MUDANÇAS CLIMÁTICAS | Ferramenta ajuda a acompanhar avanços
07/06/2017
MUDANÇAS CLIMÁTICAS | Australianos vêem modificações nos GEE’s