13/11/2015 SAINT-GOBAIN

Novo centro de pesquisa no Brasil

No início de 2016, o grupo Sain-Gobain vai inaugurar o maior centro de pesquisa do grupo no Hemisfério Sul, localizado na cidade de Capivari(SP). O anúncio foi feito pelo presidente da Saint-Gobain para o Brasil, Argentina e Chile, Thierry Fournier, num encontro que reuniu toda a diretoria no Brasil e a imprensa especializada, como parte das comemorações dos 350 anos do grupo.

Embora a inauguração deva ocorrer em 2016, na realidade as instalações já estão sendo utilizadas pela PAM (empresa do grupo) no desenvolvimento de novos revestimentos – interno e externo – da linha de tubos de ferro dúctil, ressalta David Molho, responsável pela Saint-Gobain Canalização.

O novo centro P&D do Grupo fará o desenvolvimento de produtos com aplicação industrial e para o mercado da construção civil adaptados às condições e necessidades locais. A ideia é reforçar parcerias com a comunidade científica local e com as agências sul-americanas de fomento da inovação.

No ano passado, o Grupo inaugurou no Brasil quatro plantas industriais – Itaboraí e Seropédica (ambas no RJ), Planaltina de Goiás (GO) e Feira de Santana (BA), além de três novas lojas da rede de varejo Telhanorte.

Estratégia em inovação e soluções sustentáveis

A marca Saint-Gobain está comemorando 350 anos de atuação no mundo, focando sua estratégia na inovação e no desenvolvimento de soluções sustentáveis e de alta performance. Hoje o Grupo está presente em 66 países, com cerca de 170 mil funcionários e vendas na casa dos 41 bilhões de euros em 2014.

Na América do Sul a Saint-Gobain chegou em 1937, com a área de canalização (antigamente como Metalúrgica Barbará e no momento sob a denominação PAM Saint-Gobain Canalização) e com a criação da Brasilit (placas e telhas em fibrocimento). De acordo com Thierry Fournier, a parte de canalização foi a primeira atividade do Grupo fora da Europa. Na América do Sul estão concentrados no momento cerca de 20 mil funcionários que atuam em mais de 60 unidades industriais, com receita estimada em aproximadamente 2,5 bilhões de Euros, que asseguram os três polos estratégicos do Grupo: materiais inovadores, produtos para construção e distribuição, que têm como objetivo acompanhar o processo de urbanização e a necessidade de investimento dos países sul-americanos em infraestrutura.

Entre a diversidade de soluções oferecidas localmente estão os materiais de construção de natureza diversificada, para utilização em decoração de interiores e utilização em áreas externas, tubulações para redes de fornecimento de água ou de saneamento, vidraças e materiais de alto desempenho para indústrias de ponta.

Veja também

07/05/2018
SOFTWARES | Bentley adquire Plaxis e SoilVision
18/04/2018
RESÍDUOS ELETRÔNICOS | Cetem lança manual de destinação
19/01/2018
THYSSENKRUPP | Solução para escoramento de valas
06/12/2017
PLÁSTICO | Garrafa mais leve economiza 35%
06/12/2017
BIOTECNOLOGIA | SuperBAC trata caixas de gordura
08/11/2017
ÁGUAS SUBTERRÂNEAS | Produção técnico-científica cresce no Brasil