25/09/2018 BAIXADA SANTISTA

Mongaguá ganha PEV de pesca

O Instituto Gremar e a Prefeitura de Mongaguá inauguraram, dia 15 de setembro, na Plataforma de Pesca do município, um Ecoponto para entrega voluntária de petrechos de pesca (redes, linhas, anzóis e armações). Com isso, a Plataforma de Mongaguá passa a ser a primeira do país a contar com este tipo de iniciativa ambiental.
 
Os petrechos de pesca, quando perdidos, abandonados ou descartados no mar são uma das principais ameaças à fauna marinha. Os petrechos podem acabar com os animais, já que podem feri-los, mutilá-los ou matar diferentes grupos como mamíferos, aves e répteis. Os animais também podem acabar ingerindo os objetos. 
 
A proposta da instalação do Ecoponto é conscientizar, por meio da interação direta, pescadores amadores, profissionais e turistas visitantes da Plataforma de Pesca de Mongaguá. “O aumento da interação dos animais marinhos com petrechos de pesca é observado diariamente em nosso trabalho. Conhecemos o local e entendemos que se trata de um ponto estratégico para iniciar uma ação que, se bem-sucedida, poderá ser replicada em vários outros pontos da região”, comenta Rosane Farah, bióloga e responsável técnica do Instituto Gremar. 
 
Os petrechos recolhidos semanalmente no Ecoponto passarão por triagem no Gremar e serão armazenados em local adequado. O segundo passo prevê parcerias com cooperativas de catadores de lixo locais, para que esses itens sejam reciclados e transformados em novos produtos, equipamentos e materiais.