05/04/2018 RECURSOS HÍDRICOS

Manuais sobre gerenciamento são lançados

A Inbo e Unesco, em parceria com a Organização Meteorológica Mundial (OMM), o Escritório Australiano de Meteorologia - que coordena a Iniciativa Mundial sobre Dados de Água (WWDI) - e o Escritório Internacional de Água (IOWater), com o apoio da Agência Nacional Francesa de Biodiversidade (AFB), se uniram para desenvolver o ‘Manual sobre Sistemas de Informação da Água : Administração, Processamento e Exploração de Dados Relacionados com a Água’ e o ‘Manual para a Participação de Partes Interessadas e a Sociedade Civil nas Bacias, Rios, Lagos e Aquíferos’.

As publicações são voltadas aos especialistas do setor e aos interessados em desenvolver suas capacidades para implementar uma política integrada de recursos hídricos em nível local, nacional ou transfronteiriço de bacias, além de aumentar a participação das partes interessadas e da sociedade civil.

O documento mostra o quão importante é o gerenciamento de dados de água para uma eficiência dos recursos hídricos, além de apresentar os principais processos a serem considerados na implementação de um Sistema de Informação sobre Água (WIS), incluindo a governança de dados; produção de dados; gerenciamento integrado de dados e compartilhamento de dados entre instituições; processamento de dados e produção de informações; e disseminação de informação.

A gestão dos recursos hídricos deve ser organizada em todos os lugares com participação na tomada de decisões, ao lado das administrações governamentais interessadas, autoridades locais, representantes de diferentes categorias de usuários e associações de proteção ambiental ou grupos de interesse coletivo. O Inbo recomenda que esta participação seja organizada sob a forma de Comitês ou Conselhos da Bacia.

Hoje, os esforços são á procura de uma participação real e eficiente no nível da bacia, através de vários mecanismos. Este documento sublinha por que a participação é tão importante no gerenciamento de recursos hídricos. Ele descreve os elementos-chave da participação na gestão da água e dá inúmeros exemplos concretos de bacias ao redor do mundo que mostram o que pode ser feito para tornar a participação das partes interessadas e da sociedade civil uma realidade e um valor agregado no processo de tomada de decisão em nível da bacia.

Veja também

10/10/2018
RECURSOS HÍDRICOS | Centro de Capacitação das Bacias PCJ
14/09/2018
RECURSOS HÍDRICOS | Aprovado rateio de água do São Francisco
07/08/2018
SEMIÁRIDO | Vendas da AMA atingem R$ 2 milhões
09/07/2018
RECURSOS HÍDRICOS | Consórcio PCJ permanece no CNRH
25/06/2018
ÁGUA PÓTAVEL | Perdas equivalem a 7 mil piscinas olímpicas
15/06/2018
RECURSOS HÍDRICOS | White Martins reduz uso de água nas fábricas
08/06/2018
ÁGUAS E SANEAMENTO | S. J. dos Campos terá parque tecnológico