21/10/2017 ENERGIA FOTOVOLTAICA

Enel inicia construção de projeto na Austrália

Através da joint venture entre a subsidiária de energia Enel Green Power SpA e o Dutch Infrastructure Fund (DIF), a Enel iniciou a construção da planta fotovoltaica Bungala Solar One, com capacidade de 137,7 MW, localizada próxima a Port Augusta, no sul da Austrália. 
 
A planta faz parte da primeira parte do Projeto Solar Fotovoltaico Bungala, cuja capacidade totalizará mais de 275 MW. A Enel vai investir cerca de US$ 157 milhões no projeto de 275 MW, que tem um investimento total de US$ 315 milhões financiados por meio de uma combinação de capital próprio e financiamento de projetos com um consórcio de bancos locais e internacionais. O projeto da Bungala Solar foi totalmente contratado com um acordo de aquisição de energia de longo prazo com a Origin Energy, uma das principais empresas australianas de energia.
 
A segunda etapa do projeto está prevista para começar a ser construída até o final de 2017, enquanto o projeto total de 275 MW estará totalmente operacional no início de 2019. Uma vez concluída, a instalação total de Bungala Solar será capaz para gerar cerca de 570 GWh por ano, o equivalente às necessidades de consumo de energia de aproximadamente 82.000 famílias australianas, evitando a emissão de mais de 520.000 toneladas de CO2 na atmosfera.
 
A primeira etapa abrange área de cerca de 300 hectares – 420 mil módulos fotovoltaicos policristalinos, construídos sobre estruturas de rastreamento de eixo único que seguirão o caminho do Sol de leste a oeste, aumentando a quantidade de energia produzida pela planta, em comparação com módulos fotovoltaicos de estruturas fixas. A energia gerada pela instalação será enviada à rede de transmissão do país através das subestações Emeroo e Davenport, perto de Port Augusta.