23/02/2017 RECICLAGEM

Embalagens usarão plásticos retirados do oceano

Em projeto piloto, as embalagens da Dell passam a utilizar 25% de resíduo plástico reciclado retirados de canais e praias – com a iniciativa, 7 mil toneladas de materiais plásticos deixarão de contaminar os oceanos neste ano. A ação integra o Programa Dell Legacy of Good que pretende, até 2020, utilizar 100% de embalagens recicláveis em seus produtos.

As embalagens feitas a partir do plástico retirado do oceano passarão a ser usadas globalmente nas caixas do notebook 2-em1 Dell XPS 13 a partir do dia 31 de abril de 2017. A empresa ainda incluirá informações educativas em todas as embalagens, para aumentar a conscientização global de saúde dos ecossistemas dos oceanos.

Para ajudar a garantir que as embalagens da Dell também não terminem nos oceanos, a Dell irá carimbar cada caixa com o símbolo de reciclagem Nº 2, designando-as como HDPE (que é comumente reciclável em muitos locais). 

O processo de produção das embalagens feitas a partir dos plásticos retirados dos oceanos é composto por várias etapas: os parceiros da Dell coletam os plásticos oceânicos em cursos de água, costas e praias antes de chegarem ao oceano. Em seguida, o plástico usado é processado e refinado, e se faz uma mistura do plástico retirado dos oceanos (25%) com outros plásticos HDPE reciclados (os 75% restantes), de fontes como garrafas e recipientes de armazenamento de alimentos. Por fim, flocos de plástico reciclado são moldados e transformados em embalagens, que são enviadas nas caixas que chegarão aos clientes.

Veja também

09/07/2018
ÓLEO DE COZINHA | Soya Recicla atinge 5 milhões de litros
09/07/2018
LIXO | RJ incrementa coleta seletiva
12/04/2018
ROTA DA RECICLAGEM | Ferramenta completa dez anos
22/02/2018
LOGÍSTICA REVERSA | Parceria de sucesso em Maringá
19/01/2018
PLÁSTICO | Caixas organizadoras 100% recicladas
15/01/2018
LOGÍSTICA REVERSA | Máquinas de reciclagem para três capitais
09/11/2017
ALUMÍNIO | Brasil recicla 280 mil latas em 2016
30/10/2017
RESÍDUOS PLÁSTICOS | Bloco sustentável para salas de aula