A contribuição dos pequenos gestos

05/06/2021

O especialista em gestão de resíduos domésticos, Rafael Zarvos, fundador da Oceano Gestão de Resíduos, diz que pequenas atitudes cabem única e exclusivamente a nós, em nosso dia a dia, repensando os nossos hábitos e com a vontade de fazer algo pensando na preservação do meio ambiente. “Estes pequenos desejos de mudanças muitas vezes acabam tendo um poder catalisador de transformação", incentiva Zarvos. 

Para o especialista, a pandemia serviu de alerta a toda população sobre a importância de preservar o meio ambiente. "O século XX foi um período de mudanças ecológicas sem precedentes, com reduções drásticas nos ecossistemas naturais e na biodiversidade. A destruição afeta diretamente a nossa sobrevivência. A cada quatro meses surge uma doença infecciosa em humano, 75% destas doenças são provenientes de animais. Para evitar novos surtos, o comércio ilegal de animais silvestres e a destruição dos seus habitats devem parar", afirma Zarvos. 

Entre as dicas que ajudam o meio ambiente, Zarvos comenta o fechamento das torneiras ao escovar os dentes, tomar banhos mais curtos, optar por produtos eco-friendly e usar copos e canudos que não sejam descartáveis. “Podem parecer pequenas atitudes, mas já são um grande passo", avalia. "Devemos lembrar que não temos plano B. Estamos chegando ao esgotamento dos recursos naturais. O nosso grande desafio é equilibrar o crescimento da população e, consequentemente, o aumento por demanda de bens e a sustentabilidade. O caminho passa pela mudança no nosso comportamento e valorização da economia circular", finaliza.