Consórcio Marco Zero vence leilão da Caesa

07/09/2021

O Consórcio Marco Zero, formado pelas empresas Equatorial Participações, Investimentos S.A. (que recém arrematou a Companhia de Eletricidade do Amapá) e SAM Ambiental e Engenharia, venceu o leilão dos serviços da Companhia de Água e Esgoto do Amapá (Caesa). O governo estadual determinou como principais critérios para o certame a tarifa com o melhor custo-benefício ao consumidor e o alcance dos serviços de saneamento aos 16 municípios amapaenses. Serão beneficiados cerca de 750 mil moradores que vivem em áreas urbanas.

“O Amapá é o estado mais preservado do Brasil e tem o saneamento básico como um de seus maiores desafios. Diante disso, este modelo é inovador porque é o primeiro do Norte brasileiro, porque é sustentável em termos ambientais e sociais e porque é universal. Isso demonstra o cuidado de desenvolver o projeto sem comprometer o cidadão”, disse o governador do Amapá, Waldez Góes. O Consórcio marco Zero ofereceu desconto máximo de tarifa (20%) e R$ 980 milhões pela outorga (lance mínimo), superando a expectativa de arrecadação inicial, que era de R$ 50 milhões, em 1.760,2%. O vencedor do leilão investirá R$ 3 bilhões em infraestrutura de água e esgoto em todas as zonas urbanas dos municípios durante os próximos 35 anos de concessão. 

O objetivo do governo é de que a cobertura de fornecimento de água tratada passe dos atuais 38% para 99% em 11 anos, e a de esgotamento sanitário passe de 8% para 90% em até 18 anos. Além dos aportes, a concessão contribuirá para a geração de 45 mil novos empregos. Representando o Consórcio Marco Zero, Augusto Miranda, CEO do Grupo Equatorial, falou sobre as expectativas da concessão. Não mediremos esforços para trabalhar todos os dias, em todos os momentos, fazendo os investimentos necessários para alavancar o crescimento do estado”, comemorou Miranda.