02/05/2019 EMBALAGENS VAZIAS

Coleta ajuda produtores de tabaco

O Sindicato Interestadual da Indústria do Tabaco (SindiTabaco) realiza coleta de embalagens em pontos pré-estabelecidos nas regiões produtoras de tabaco do Rio Grande do Sul e de Santa Catarina. Em quase duas décadas, o Programa de Recebimento de Embalagens Vazias de Agrotóxicos destinou corretamente mais de 15 milhões de embalagens vazias, utilizadas no tabaco ou em outras culturas. 
 
Segundo o presidente do SindiTabaco, Iro Schünke, o programa atende exclusivamente os produtores de tabaco, mas, como são agricultores diversificados, eles têm a oportunidade de entregar também as embalagens dos agrotóxicos usados nas outras culturas. "O tabaco é o produto agrícola comercial que menos utiliza agrotóxicos, com apenas 1,2 quilo de ingrediente ativo por hectare", lembra Schünke. 
 
O programa criado em 2000 beneficia 120 mil produtores, com comodidade e segurança na devolução dos recipientes em pontos de coleta localizados próximos de suas propriedades. Os produtores que participam do programa e entregam as embalagens tríplices lavadas ganham recibos para apresentação aos órgãos de fiscalização ambiental. Cerca de 90% do material coletado é reciclado e usado na produção de outros produtos, principalmente na construção civil, como rodas e caçambas para carriolas e conduítes corrugados, caixas de descarga para sanitários e tubulações para esgoto sanitário, entre outros. E o restante do material, cerca de 10%, é destinado para incineradoras licenciadas.

Veja também

17/09/2019
LOGÍSTICA REVERSA | HUBs ajudam na reciclagem de vidro
10/09/2019
RESÍDUOS REFRATÁRIOS | RHI Magnesita recicla mais de 17 mil t
26/07/2019
RECICLAGEM | Recicla Sampa faz sucesso
11/07/2019
LOGÍSTICA REVERSA | Startup recolhe vidro para reciclagem
05/07/2019
BAIXADA SANTISTA | Coleta de latas de tintas pós-consumo
02/05/2019
RECICLAGEM | Alunos da Fatec desenvolvem app
14/04/2019
RECICLAGEM | Pontos de coleta para esponjas