03/09/2015 FIBROCIMENTO

Brasilit investe R$ 55 milhões em fábrica fluminense

A Brasilit, empresa do Grupo Saint-Gobain, inaugurou, dia 28 de agosto, sua 6ª unidade fabril na cidade de Seropédica, na Região Metropolitana do Rio. Com investimentos de R$ 55 milhões, a Brasilit espera que a nova fábrica fortaleça a presença da empresa nos mercados fluminense, de Minas Gerais e no Espírito Santo. A fábrica de Seropédica vai gerar mais de 200 empregos diretos e indiretos no município e região. 
 
No dia de inauguração estiveram presentes o CEO mundial do Grupo Saint-Gobain, Pierre-André de Chalendar, que veio ao Brasil especialmente para a ocasião; o Presidente da Saint-Gobain para o Brasil, Argentina e Chile, Thierry Fournier; o Presidente da Brasilit, Claudio Bastos; o governador do Rio de Janeiro, Luiz Fernando Pezão; o prefeito de Seropédica, Alcir Fernando Martinazzo; além de clientes, parceiros e funcionários. 
 
O Presidente da Brasilit, Claudio Bastos, afirmou que a nova unidade contribuirá para alavancar o desenvolvimento na região. “Nosso objetivo é atender à crescente demanda dos estados do Rio de Janeiro, Espírito Santo e Minas Gerais, oferecendo produtos em fibrocimento livres de amianto, associados aos melhores serviços e com ainda mais rapidez e qualidade”, diz o executivo. Inicialmente, nessa unidade, serão fabricadas as telhas de fibrocimento Residenciais e Onduladas. 
 
A expansão da Brasilit está alinhada à estratégia de negócios do Grupo Saint-Gobain, que mantém o seu ritmo de expansão em 2015. Para Thierry Fournier, a inauguração reforça o objetivo de oferecer sempre as melhores soluções de construção para as casas do futuro, inovando permanentemente para que sejam confortáveis, econômicas e sustentáveis. “O Brasil é um país de oportunidades e queremos contribuir para o desenvolvimento local. Essa inauguração é mais um passo nesse sentido”, finaliza o executivo. 
 
Para Pierre-André de Chalendar, a inauguração da Brasilit Seropédica demonstra a importância do Brasil. “Este investimento comprova o comprometimento de longo prazo da Saint-Gobain com o mercado brasileiro, pois acreditamos que o País pode oferecer importantes perspectivas de crescimento para as atividades do Grupo. Vamos continuar investindo em inovação, pesquisa e novas unidades no Brasil”. Seropédica foi escolhida estrategicamente pelo Grupo por ficar perto da Rodovia Presidente Dutra e do Porto de Itaguaí. A fábrica também será beneficiada pelo Arco Metropolitano, rodovia que interliga oito municípios do estado fluminense e facilita o acesso aos estados do Nordeste e do Centro-Oeste do País. Essas regiões eram até então atendidas pela fábrica da Brasilit localizada no interior de São Paulo, na cidade de Capivari. 
 
A fábrica de Seropédica foi desenvolvida a partir de conceitos sustentáveis, utilizando em sua construção produtos e sistemas inovadores, fornecidos por empresas do Grupo Saint-Gobain: revestimento de fachadas em placas cimentícias, telhas térmicas de fibrocimento TopComfort, ambos produtos da Brasilit, e uma combinação de vidros técnicos e sistemas de iluminação inteligentes. A aplicação dessas soluções resulta no conforto térmico e acústico, o que contribui para o bem-estar dos trabalhadores e a facilidade na conservação predial. A unidade conta ainda com coleta e utilização de águas pluviais e um sistema que permite que toda a água excedente retorne para o processo, sem perdas. Além disso, foram escolhidas modernas máquinas, que reduzem o consumo de energia elétrica e ainda oferecem mais segurança aos trabalhadores. 
 
A Brasilit ainda preservou uma área de aproximadamente 2 mil m2 no terreno da fábrica com espécies da flora nativa protegidas pela legislação ambiental, incluindo árvores como pau-brasil e pau-ferro. Outra área, com aproximadamente 10.000m², foi reflorestada pela Brasilit como forma de compensação legal pela instalação da unidade, com o plantio de espécies nativas da Mata Atlântica e típicas da região. A Brasilit tem outras cinco fábricas nas cidades de Esteio (RS), Belém (PA), Recife (PE), e Capivari e Jacareí, ambas no estado de São Paulo. A unidade de Jacareí dedica-se exclusivamente à produção do fio de Polipropileno (PP), matéria-prima que compõe a tecnologia CRFS (Cimento Reforçado com Fio Sintético) que, desde 2001, substitui totalmente o amianto na fabricação de todos os produtos em fibrocimento da marca Brasilit. 

Veja também