02/05/2019 PRÊMIO

App SOS Chuva ganha Péter Murányi

A equipe que desenvolveu o programa SOS Chuva recebeu o Prêmio Péter Murányi 2019, edição Ciência & Tecnologia. O projeto tem como objetivo fornecer informações que podem reduzir o impacto de enchentes, deslizamentos de terras e descargas elétricas, além de auxiliar a população com recomendações sobre o que fazer em alguns desses casos. 
 
Gratuito e disponível em forma de aplicativo e site, o programa possibilita que as pessoas tenham conhecimento de eventos extremos e possam tomar as devidas providências para que o dano seja o menor possível. A plataforma disponibiliza a "previsão imediata", fator crucial para a identificação dos eventos meteorológicos e a definição de medidas preventivas. 
 
Criado em 2016 e disponível para qualquer um que tenha um smartphone, o app já foi instalado em mais de 186 mil dispositivos (iOS e Android) e possibilitou a visualização de aproximadamente quatro milhões de imagens de satélite ou radar. O trabalho foi realizado pelos professores Luiz Augusto Machado e Luiz Eduardo Guarino, executado pelo INPE (Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais), com participação das universidades de São Paulo (USP) e de Campinas (Unicamp) e com financiamento da Fapesp (Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo). 
 
O Prêmio Péter Murányi é realizado anualmente, com temas que se alternam a cada edição: Saúde, Ciência & Tecnologia, Alimentação e Educação. Cada tema é revisitado a cada quatro anos. O valor total é de R$ 250 mil, divididos entre o vencedor (R$ 200 mil), o segundo colocado (R$ 30 mil) e o terceiro (R$ 20 mil). A premiação tem apoio das entidades: ABC (Academia Brasileira de Ciências), Aconbras (Associação dos Cônsules no Brasil); Aciesp (Academia de Ciências do Estado de São Paulo); Anpei (Associação Nacional de Pesquisa e Desenvolvimento das Empresas Inovadoras); Capes (Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior); CIEE (Centro de Integração Empresa-Escola); CNPq (Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico); Fapesp (Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo); e SBPC (Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência).

Veja também

27/05/2019
PRÊMIO | Diretora da Abes-DF ganha DIRSA
08/05/2019
POLUIÇÂO | App para monitorar qualidade do ar
02/05/2019
RECICLAGEM | Alunos da Fatec desenvolvem app
14/04/2019
GLOBAL ENERGY YOUTH PROGRAM | Inscrições para edição 2019 estão abertas
28/03/2019
MEIO AMBIENTE | Prêmio para projetos sobre água
14/09/2018
MEIO AMBIENTE | Boticário financiará 21 projetos
14/09/2018
TECNOLOGIAS SUSTENTÁVEIS | Sanepar prorroga prazo de inscrições
14/09/2018
LIDERANÇA FEMININA | Kátia Campos ganha prêmio do CEBDS