16/12/2016 NUTAU

Água e tecnologia são debatidas em evento

Entre os dias 30 de novembro e 01 de dezembro foi realizado o XI Seminário Internacional do NUTAU/USP, com o tema ‘ÁGUAS: Projetos e Tecnologia para o Território Sustentável’ no Auditório da Biblioteca Brasiliana – USP. O encontro debateu múltiplas potencialidades dos recursos hídricos brasileiros, especialmente para os estudos ligados a novas tecnologias, que envolvem a Arquitetura e o Urbanismo. O evento teve patrocínio do CAU-Conselho de Arquitetura e Urbanismo e apoio das entidades do setor.

O NUTAU recebeu participantes nacionais e internacionais ligados ao tema, entre professores, pesquisadores e profissionais de vários campos de atuação. Segundo a coordenadora geral do evento, Dra. Saide  Kahtouni,... em sua natureza, as águas trazem, desde o início da civilização humana, imensas conectividades. Se reconhecidas como elemento significativo da geografia e da cultura dos Lugares, as águas insinuam possíveis percursos alternativos, dentro de novos parâmetros de desenho territorial, marcados pela busca da sustentabilidade, e por diversas técnicas de recuperação das paisagens naturais e antrópicas. “

Nos debates e mesas redondas, estiveram presentes os conferencistas Ruy Ohtake, o arquiteto Joris Pawels, associado sênior do escritório, ZAHA HADID com sede em Londres, que falou sobre o projeto da nova sede administrativa do Porto de Antuérpia, um trabalho contratado pela companhia dos Portos de Antuérpia, cujo processo foi elucidado através da conferencista Greet Barniers. Além disso, o evento contou com o arquiteto Sidney Linhares, paisagista associado de Fernando Chacel, diretor da CAP, e do arquiteto e paisagista Benedito Abbud. Também o engenheiro belga David Monfort, de Liége, Bélgica, que falou sobre infraestrutura portuária das hidrovias européias, e o urbanista e paisagista professor Frederic Rossano, da Universidade de Estraburgo, França, com a sua conferência sobre as paisagens hídricas do continente europeu, em especial cidades nórdicas, entre outros participantes de diversas mesas-redondas.

Houve também exposição com 48 projetos, propostas, estudos e produtos de pesquisa com foco nos temas do Seminário e culminando, ao final, com a assinatura da "Carta da Água" pelas entidades de Arquitetura e Urbanismo do Brasil. Para os organizadores, o Seminário do NUTAU 2016 trouxe novos caminhos para o exercício da profissão em Arquitetura e Urbanismo, mostrando interfaces inéditas entre diversos campos da atuação cientifica e profissional, para a construção de territórios sustentáveis para o futuro harmonioso de nossas paisagens e arquiteturas.

Veja também